O MAIS BARATO DE FORMOSA Baixe nosso App e economize em suas corridas em Formosa GO.

Clique aqui e baixe para Android

Link para IOS

“Don Juan”, suspeito de estelionato amoroso é indiciado pela Delegacia da Mulher de Formosa, confira

Por: Clícia Balbino de Sousa

Com informações: Polícia Civil

Segundo informações repassadas a reportagem do Jornal da Terra, a Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Formosa, indiciou na data de hoje (12/05/2023), morador de Sobradinho/DF suspeito da prática de estelionato amoroso.

Segundo as investigações a vítima de 35 anos era moradora de Formosa-GO e conheceu o investigado pelo aplicativo Tinder. Após conhecer o suspeito a vítima o namorou por pelo período de 2 meses.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito FÁBIO SIQUEIRA DOS SANTOS afirmava que era estudante de medicina na UnB. Ele mandava fotos de crianças alegando que tinham doenças e precisava de doações em espécie. A vítima sempre comovia com a situação e fazia doações em dinheiro.

O suspeito afirmava que queria levar a vítima para sua formatura em medicina e que para isso a vítima deveria pagar o convite de R$1.200,00. A vítima ainda deveria comprar 3 vestidos (colação, missa e festa). Na ocasião, a vítima comprou 1 vestido e deu R$ 1.000,00 a FÁBIO.

Posteriormente o indiciado disse para a vítima que estava com COVID e com trombose. Disse ainda que precisava de dinheiro para comprar medicamentos. A vítima então fez um empréstimo e passou todo o dinheiro para FÁBIO.

Diante de tantos pedidos e pressões psicológicas por dinheiro a vítima buscou levantar informações e descobriu que FÁBIO na verdade não era estudante de medicina. Ela descobriu que ele era casado e possuía filhos.

FÁBIO foi indiciado pelo crime de estelionato, já que por meio da “astúcia”, “esperteza” e “mentira” despojou a vítima de seu patrimônio.

Qualquer informação sobre o envolvimento do suspeito em outros crimes pode ser repassada à Polícia Civil.

JUSTIFICATIVA PARA DIVULGAÇÃO DE IMAGEM DO SUSPEITO: Tendo em vista a portaria 547/2021 da DGPC e considerando que a apresentação da imagem de pessoas presas ou investigadas, em determinadas situações, pode contribuir para o aparecimento de novos elementos de informação, notadamente quando seu reconhecimento pela população possibilite a escorreita apuração dos fatos, com o surgimento de outras vítimas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O MAIS BARATO DE FORMOSA Baixe nosso App e economize em suas corridas em Formosa GO.

Clique aqui e baixe para Android

Link para IOS

Site de notícias estaduais, nacionais e internacionais. Privando pela isonomia dos fatos.

Terra FM