O MAIS BARATO DE FORMOSA Baixe nosso App e economize em suas corridas em Formosa GO.

Clique aqui e baixe para Android

Link para IOS

Forças policiais são homenageadas por ato de bravura em Sessão Solene na Câmara de Vereadores em Formosa

A Câmara de Vereadores de Formosa-GO entregou na Sessão Solene, desta quarta-feira (03/08), a moção de congratulação por ato de bravura aos Policiais Civis que participaram da prisão do acusado de estupro de vulnerável Joelço Rodrigues Ferreira, 27 anos.

O crime aconteceu no dia 05 de junho deste ano, e chocou o município de Formosa. Segundo apurado pela investigação da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Formosa, a vítima estava em uma boate, no centro de Formosa, onde teria discutido com seu namorado, razão por que ele foi embora e ela permaneceu no local. A vítima, de 29 anos, consumiu muitas bebidas alcoólicas e acabou perdendo a consciência. Ela teria saído da boate a pé, ocasião em que apareceu um indivíduo que efetuou diversas investidas no intuito de atrair a vítima para o interior de seu veículo, conforme imagens capturadas por câmeras de segurança das ruas. Mesmo a vítima pedindo ajuda em diversas oportunidades a moradores da região, o autor conseguiu colocá-la, de forma violenta, no carro, e levá-la para um matagal às margens da BR- 020.

A vítima, foi ouvida pela autoridade policial, onde recordou-se de gritar e questionar o porquê de o autor estar fazendo aquilo, porém, ele apenas dizia que não adiantava ela gritar, já que ninguém ouviria. Em determinado momento, ele levantou-se, oportunidade em que ela saiu correndo do local, conseguiu chegar na pista e pedir ajuda. Dois bombeiros do CBMDF, que passavam na BR-020, prestaram socorro à mulher e a levaram para a delegacia.

Iniciadas as investigações, foi possível identificar todo o trajeto percorrido pela vítima, o veículo utilizado pelo agressor, bem como sua identidade. Joelco, investigado pelo estupro de vulnerável, já possui passagens pelos crimes de estupro (em Divinópolis, TO) e roubo (no Distrito Federal).

Mediante tal ação, e pelo ato de bravura, foram homenageados na Sessão Solene: o Delegado da Polícia Civil de GoiásYasser Martins Yassine, a escrivã Arllena Muniz Freire, o escrivão Welzimar Dias de Morais, o escrivão Armando João Fontanari, o agente Cecílio Carvalho Basso, o agente Roque Aparecido Bento Lira, o agente Washington Pereira da Silva, os servidores administrativos da DEAM Juliana Ribeiro Muniz, Gustavo Lacerda Dos Santos, Letícia Mota Barbosa, Janethe Gomes Xavier, os Policiais da Polícia Civil do Distrito Federal Delegado de Polícia Henry Galdino Mundim, Marcelo Cândido Ferreira, Eduardo Vaz, Cristiano Santos Alves, Paola de Souza, Santos Pires e ao Inspetor Leonardo Alves de Oliveira Rodrigues Superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Distrito Federal, e Bombeiros Militares do Distrito Federal 2ºSgt. CBMDF Manoel Pereira Ramos Filho e 2º Sgt. CBMDF Renato Gomes de Melo Pinto.

Na Sessão Solene, também foram homenageados os Policiais Genarc que desempenharam um excelente trabalho na prisão de Narcotraficantes no município de Formosa. Após meses de investigação, a Polícia Civil efetuou, no dia (04/05), a prisão preventiva de R.F.P, um dos principais traficantes da cidade de Formosa-GO.

R.F.P é apontado como o responsável por cerca de 20 kg de maconha que foram apreendidos em sua residência no mês de março. Há cerca de 5 anos, o investigado vem exercendo a traficância de drogas na cidade de Formosa, mas ao longo desse período sempre utilizava de vários subterfúgios para se esquivar da ação policial. No (04), após horas de monitoramento, policiais civis conseguiram capturá-lo em um matagal, onde o investigado costuma se esconder. Além de tráfico de drogas, R.F.P é investigado pelos crimes de receptação e homicídio.

O GENARC também efetuou a prisão de dois homens de 23 e 29 anos e de uma mulher de 21 anos no dia (28/06), em virtude da prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico. De acordo com informações, há cerca de 2 meses o GENARC-Formosa vinha monitorando uma residência no setor Ferroviário, que era utilizada para guardar cocaína vinda de cidades do entorno e que, posteriormente, era revendida em Formosa. Sendo os policiais homenageados: o Delegado da Polícia Civil de Goiás João Raffael Veloso Soares, a escrivã Cristina Balbino dos Santos Souza, o escrivão Kinhone Rodrigues Ferreira, o agente Gustavo Adriano Alvarenga Ribeiro, o agente Júlio Cézar do Nascimento Mathias, o agente Fabiano Alves de Carvalho e o agente Flávio Targino do Vale.

“A segurança pública é um dos maiores desejos de qualquer população, de qualquer cidade do mundo. E temos que reconhecer o trabalho destes policiais que deixam suas casas e suas famílias para cuidar de pessoas que se quer conhecem”. Ressaltou a presidenta e vereadora da Casa de Leis Roberta Brito.

A vereadora continuou ”Hoje esses policiais recebem da Câmara Municipal de Formosa, essa moção por ato de bravura, um exemplo de grande merecimento por que atuam arriscando suas vidas.”

Na ocasião, a família da Técnica de Enfermagem Neli Pereira Valverde Guia também foi homenageada com uma moção de pesar pelo seu falecimento. Também receberam a moção em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à comunidade formosense, o ex Secretário de Meio Ambiente Ian de Moraes Thomé, Júlio Cesar Aunda Cunha, Eric Reis Tostes, Dionísio Luís Holze, Liamara Maria Schmitz Holz e pelo reconhecimento de conquista ao atleta Luís Felipe Schmitz Holz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O MAIS BARATO DE FORMOSA Baixe nosso App e economize em suas corridas em Formosa GO.

Clique aqui e baixe para Android

Link para IOS

Site de notícias estaduais, nacionais e internacionais. Privando pela isonomia dos fatos.

Terra FM